Terça-feira, 08 de Junho de 2010

A implantação da república foi iniciada no dia 5 de Outubro de 1910, devido a incapacidade do rei D. Manuel. Com a implantação da república o governo já não tinha rei, mas sim um presidente, (que tinha sido eleito a votos).Então nesta cronologia apresentam-se os acontecimentos que antecederam e precederam a este dia.

 

Cronologia:

 

¤  1891.01.05

Congresso do Partido Republicano. É aprovado o programa oficial do partido.

 

¤  1891.01.31

Tentativa de implantação da República no Porto.

 

¤  1891.07.05

Crise económica, política e financeira. Após autorização governamental o Banco de Portugal suspende a conversão de notas em ouro.

 

¤  1891.06

Congresso de Coimbra do Partido Socialista Português.

 

¤  1899.07.26

É publicada a Lei dos Cereais, também conhecida por Lei da Fome.

 

¤  1901.07.05

Adolfo Ferreira de Loureiro foi encarregado do estudo da realidade portuária nacional. O Governo pretendia conhecer-se, de modo tão completo quanto possível, as condições de todos os portos marítimos e fluviais existentes no País e nas ilhas adjacentes, Açores e Madeira, bem como as suas debilidades e potencialidades. Considerou-se igualmente essencial identificar e analisar as condições técnicas e económicas de cada porto, e as obras e melhoramentos em curso, concluídos, planeados ou necessários.

 

¤  1901.11.30

Celebração do contrato entre o Estado português e o Banco Nacional Ultramarino.

 

¤  1903.03

Greve Geral em Coimbra.

 

¤  1907.03.11

O Governo é autorizado a explorar por conta próprio o porto de Lisboa entregando a gerência dos respectivos serviços a um Conselho de Administração sob autoridade imediata do Ministério das Obras Públicas, Comércio e Indústria.

 

¤  1908.02.01

O rei D. Carlos e o príncipe herdeiro D. Luís Filipe são assassinados e D. Manuel II sobe ao trono.

 

¤  1910.10.05

Proclamação da República. Teófilo Braga preside ao primeiro Governo Provisório.

 

¤  1910.10.08

Expulsão passagem compulsiva dos seus membros de ordens religiosas à vida secular.

Extinção da casa militar do rei, dos títulos honoríficos de alguns corpos de tropas e do uso de coroas nos artigos de uniforme

 

¤  1910.10.12

Extinção das guardas municipais de Lisboa e Porto e criação provisória, em Lisboa e Porto, da Guarda Republicana.

 

¤  1910.10.13

Inscrição da palavra "República" nos selos e todas as franquias em circulação.

 

¤  1910.10.15

Abolição dos títulos nobiliárquicos, distinções honoríficas ou direitos de nobreza e antigas ordens nobiliárquicas.

 

¤  1910.12.01

Festa da Bandeira Nacional.

Bandeira (A)  Republicana: apresentam-se vários projectos para a futura bandeira de Portugal
"Têm-nos procurado diversos indivíduos a propor-nos desenhos e projectos da nova bandeira portuguesa, assunto que está sendo resolvido pelo governo e em que nos não compete intervir por agora. No entanto, por nos parecer digno de publicidade, achamos justo mencionar o projecto do Sr. Alfredo Cardoso Brandão, empregado no comércio, que ontem nos procurou para no-los mostrar. O fundo da bandeira é azul e branco, tendo a meio as quinas portuguesas, em verde e vermelho, rodeadas por algumas armas e encimadas pelo barrete frígio, lendo-se no escudo alguns dísticos."

Fonte: "A bandeira Republicana: apresentam-se vários projectos para a futura bandeira de Portugal", in O Século, n.º 10 357, de 12 de Outubro de 1910, p. 3.

 

 

 

Bibliografia:

http://www.primeirarepublica.org/portal/index.php?option=com_content&view=section&layout=blog&id=7&Itemid=12



publicado por janas12 às 14:58
editado por ProfessorTic em 15/06/2010 às 19:51
Blogue comemorativo do centenário da implantação da República Portuguesa criado pelos alunos da Escola EB 2,3 de Canedo.
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
14
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


arquivos
2010

pesquisar neste blog
 
blogs SAPO